Aprenda a Gerenciar suas Emoções

  • home //
  • Aprenda a Gerenciar suas Emoções

Aprenda a Gerenciar suas Emoções

Autoria:

Elba Ribeiro Cevero

Direitos Autorais:

Este texto está protegido por Direitos Autorais e sua  reprodução ou uso em parte ou na sua totalidade estão proibidos.

 

 

 

 

Aprenda a gerenciar suas emoções

 

 

1 – Aprenda que tudo está ligado a uma crença

 

Tudo que fazemos está ligado a uma determinada crença, podemos acreditar no positivo e ver a vida de maneira mais suave ou podemos ver tudo com negatividade e dificuldade. Por isso tudo que acontecer de ruim com você procure enxergar o lado positivo da coisa, pense que o poder de escolher se sentir bem ou mal está em você e somente você vai poder decidir se sentir feliz ou se sentir insatisfeito com sua vida.

 

 

2 – Cuide mais de você e do seu corpo

 

Estar bem consigo e se sentir feliz com quem você é, e aceitar o seu corpo também são coisas que podem ajudar a gerenciar as suas emoções. Quando você está satisfeito consigo os gatilhos negativos podem até ser disparados, mas se você está bem não irá alimentá-los e nem se sentirá mal por muito tempo. Por isso cuide de você, cuide do seu corpo e da sua saúde para gerenciar bem suas emoções.

 

   

3 – Se mantenha mais positivo

 

 

Procure sempre se manter mais positivo, busque se envolver sempre em atividades e ações que lhe façam se manter na positividade. Evite assistir programas de noticiários, de violência e novelas, esses programas trazem muita negatividade. Evite ficar lendo noticiários na Internet. Sabemos que é importante estar informado, mas passar muito tempo focado nisso pode fazer você se tornar uma pessoa muito negativa.

 

- Sorria

- Procure enxergar as coisas boas da vida

- Seja grato por todas as coisas

 

 

Alguns meios que podem auxiliar

 

1 – Peça ajuda de pessoas conhecidas

 

Se você estiver tendo dificuldades de lhe dar com os gatilhos negativos procure auxílio de pessoas conhecidas. Os conhecidos podem lhe dizer os momentos que você reage de maneira negativa, isso fará com que você se perceba melhor. Amigos ou familiares podem ajudar a lhe dar com os gatilhos negativos dando força e apoio emocional. Quando um gatilho for disparado e você estiver se sentindo mal poderá solicitar apoio de uma pessoa que te conhece bem dando algumas idéias de como reagir. Claro que as pessoas devem ser equilibradas emocionalmente para dar algum auxílio, pois não adianta pedir ajuda a quem não consegue se manter equilibrado.

 

 

 

2 – Auxilio profissional

 

Você pode também buscar auxílio profissional como um terapeuta, psicólogo, orientadores, pessoas que estão bem preparadas para orientá-lo a lhe dar com as emoções e gatilhos negativos.

 

 

3 – Leia livros, artigos e acesse sites

 

A ajuda também pode vir através da leitura de livros de autoajuda, artigos de autoconhecimento, sites de psicologia, existem vários profissionais que oferecem ajuda de forma gratuita ou paga na internet também. Caso você não goste de fazer terapia com um profissional esses métodos também lhe auxiliarão  compreender melhor os seus sentimentos e gatilhos.

 

 

4 – Grupos também ajudam

 

Grupos terapêuticos e de apoio também ajudam. Você também pode participar de grupos que não estão diretamente relacionados à autoajuda como, grupos de dança, artesanatos, voluntariado, grupos religiosos caso goste, entre outros, apesar de não serem grupos específicos de terapia esses trabalhos também servem como uma terapia alternativa.

 

 


/