Como Lidar com Gatilhos Emocionais de Modo Equilibrado

  • home //
  • Como Lidar com Gatilhos Emocionais de Modo Equilibrado

Como Lidar com Gatilhos Emocionais de Modo Equilibrado

Autoria:

Elba Ribeiro Cevero

Direitos Autorais:

Este texto está protegido por Direitos Autorais e sua  reprodução ou uso em parte ou na sua totalidade estão proibidos.

 

 

 

 

Como Lidar com Gatilhos Emocionais de Modo Equilibrado

 

 

Gatilhos emocionais são reações e pensamentos que surgem em nós e estão ligados a experiências negativas que foram vividas no passado. Quando vivenciamos alguma coisa ruim no passado guardamos isso no inconsciente e quando estamos no presente e algo semelhante ao que passou acontece, o gatilho emocional é disparado pelo inconsciente e então temos reações e pensamentos iguais ou semelhantes às reações e pensamentos que tivemos quando vivenciamos a experiência negativa do passado.

 

Existem algumas maneiras de administrar e lidar com esses gatilhos para nos sentirmos melhor:

 

 

1 – Saiba identificar os gatilhos emocionais

 

Saiba identificar as suas emoções, preste atenção ao que está sentindo realmente, observe o que fez disparar o sentimento negativo em você, veja se foi algo que alguém falou, ou se foi alguma coisa que aconteceu, ou mesmo se foi alguma coisa que você pensou. Quando você aprende a identificar o gatilho que disparou a emoção fica mais fácil controlá-la.

 

 

2 - Faça anotações diárias das situações e coisas que podem ter disparado algum gatilho

 

Anote o que você sentiu, como você reagiu, o que você pensou, o que aconteceu antes do sentimento negativo surgir, observe o que você estava fazendo. Essas anotações farão você ter mais consciência das coisas, situações e pensamentos que podem disparar algum gatilho em você.

 

 

3 – Saiba reconhecer cada emoção

 

- Felicidade

- Raiva.

- Tristeza.

- Medo.

- Vergonha.

- Angústia

- Ansiedade

- Insatisfação

 

Cada sentimento tem uma característica, mas às vezes quando não prestamos atenção acabamos confundindo uma emoção com outra, isso pode fazer você ficar confuso e não conseguir identificar bem o que está sentindo, por isso procure reconhecer cada emoção para saber lhe dar com ela.

 

 

4 – Observe as reações do corpo

 

Cada emoção provoca uma reação diferente no seu corpo, por exemplo: o coração acelera quando estamos com medo, quando estamos com raiva o corpo fica mais quente, quando estamos ansiosos podemos sentir algum desconforto no abdômen ou no estômago. Quando você consegue identificar a reação corporal e ligá-la à emoção fica mais fácil reconhecê-la para saber lhe dar com ela.

 


/