Necessidade de aceitação

Necessidade de aceitação

Direitos Autorais:

Este artigo está  protegido por direitos autorais é proibida a reprodução total ou parcial deste texto.


Autor: Elba Ribeiro Cevero

email:  elbagnose@yahoo.com.br


Minha página no site somos todos um:

http://www.stum.com.br/u/elba-ribeiro-cevero/15598/    

Facebook: http://facebook.com/dicasemocionaiselba

Twitterhttps://twitter.com/eftterapiabr


  

            Sabe quando você faz algo ou diz alguma coisa para alguém e essa pessoa não fala nada ou não agradece? Você se sente bem com isso ou fica magoado ou chateado ou mesmo com raiva da pessoa? Pois então eu vou lhe dizer uma coisa que talvez você não goste, mas é verdade, necessidade de aceitação. Isso mesmo todos nós precisamos em algum nível de sermos aceitos.

O fato de alguém não agradecer pelos seus atos e atitudes pode lhe trazer uma chateação que está totalmente ligada à necessidade de aceitação do outro. Você se frustra por se sentir rejeitado e com isso vem a raiva e necessidade de reconhecimento do outro.

            Aceitar e aprovar o outro significa que concordamos de alguma maneira com essa pessoa, significa que gostamos dela e indo mais além também pode significar amor incondicional.

            Na nossa cultura aprendemos que aceitar os outros é uma coisa boa e que quando rejeitamos alguém estamos rejeitando até Deus. Sei que cada um tem uma crença e que existem pessoas que não acreditam em um ser superior, mas desde a infância aprendemos que aceitar e aprovar significa dar amor e como o amor também está ligado a Deus, a maioria das pessoas acabam sentindo que poderão ser punidas por Deus por não aceitar alguém. Deus não está aqui para punir ninguém, isto é uma crença que carregamos e que pode até se materializar dependendo da intensidade colocada nesta crença.

            Não aceitar ou não aprovar não está errado, às vezes precisamos recusar ou rejeitar algo ou alguém por não estarem em sintonia conosco ou por não estarem de acordo com nossas crenças e opiniões. O problema é que aprendemos que somos obrigados a aceitar ou aprovar todo mundo e quando fazemos o contrário nos sentimos culpados por isso. Não temos obrigação de aceitar tudo e todo mundo, precisamos aprender a fazer escolhas e selecionar o que queremos para nós. Quando recusamos algo ou alguma pessoa devemos sentir que estamos rejeitando isto para o nosso bem e para estarmos em sintonia com a nossa alma e com a nossa opinião. Quando recusamos alguém e ao mesmo tempo não sentimos culpa por isso, significa que estamos aprovando nossa atitude de rejeitar e com isso nos  conectamos com nossa alma e passamos a nos amar mais. Rejeitar e não nos sentir mal é aceitar nossa decisão e nos posicionarmos a favor de nós mesmos. Isso é amor próprio.

A primeira coisa que precisamos fazer é nos aceitar e nos aprovar, amar a nós mesmos e somente depois oferecer aprovação ao outro. Aprovar o outro estando contrário ao nosso gosto é o mesmo que dizer eu não me amo, eu não me aceito.

Por isso a maioria de nós precisa muito da aceitação dos outros, pois como a maioria não se ama e não se aceita, sente a necessidade de suprir esta falta de amor com a aprovação do outro. Isso nos dá uma falsa impressão, mas o amor próprio é o que supre verdadeiramente essa necessidade.

Existem várias formas de amenizar o sentimento de rejeição, falta de aprovação e falta de amor, uma delas é a EFT que é uma técnica que elimina dores físicas, sentimentos negativos, raiva, mágoa, insatisfação, tristeza, rejeição, falta de aceitação ou aprovação. Com leves batidas nos meridianos do corpo associadas a frases que são ditas podemos eliminar esses sentimentos e dores físicas.

Eu posso lhe ajudar a eliminar essas emoções e crenças, basta você se cadastrar aqui neste site para obter minha ajuda através de dicas emocionais e orientações que eu ofereço para ajudá-lo a compreender melhor as situações do seu dia a dia, e também auxiliar na aplicação da EFT. Você encontrará também mais informações sobre a EFT na página O Que é EFT aqui neste site para aprender a  aplicar a técnica em você mesmo.

Cadastre-se aqui

/